top of page

Vamos dar às crianças a liberdade que a bicicleta proporciona, a mesma que desfrutamos quando éramos


Quem é que assistiu e adorou a série de TV Stranger Things ? Não apenas o excelente enredo assustador e uma atenção incrível aos nostálgicos detalhes dos anos 80 que chamaram atenção, mas sim porque muitos se reconheceram nas crianças protagonistas na parte em que se tinha a liberdade para sair de bicicleta com seus amigos.

Acredito que o pensamento foi o mesmo , para nós pessoas loucas por bicicletas. Um pacote com sanduíche, ou bolachas, um refrigerante e um dia inteiro para pedalar e brincar ao ar livre foram partes formativas da nossa juventude.

Tivemos sorte, porque, infelizmente, as crianças da atualidade não parecem ter isso.

Com a insegurança das cidades, mais trânsito deixando as ruas mais arriscadas, com pais cada vez mais ocupados, com espaço aberto cada vez menor nos residenciais, e as praças e parques, locais onde deveria ser incentivado o uso das bicicletas, proibindo a utilização das mesmas, restam as crianças brincar dentro de casa, principalmente durante a semana, contando com somente atividades externas nas aulas de educação física da escola, quando isso acontece.

Andar de bicicleta é uma parte importante do desenvolvimento das crianças e o fato é que as crianças hoje passam a metade do tempo que seus pais passavam brincando fora de casa.

Brincar fora de casa dá às crianças uma conexão com a natureza que é importante para o seu desenvolvimento, mas infelizmente as crianças hoje passam metade do tempo fora do que seus pais passavam quando eram mais jovens.

Isso contribui na crescente "epidemia de obesidade"e do sobrepeso das crianças, a qual vêm aumentando no Brasil assim como em toda a América Latina.

Há um elemento mais difícil de quantificar: a sensação de liberdade que se sente em andar na bicicleta. As bicicletas dão as crianças a independência e a oportunidade de explorar, bem como dão-lhes experiência de risco e recompensa.

Sim, haverá falhas, mas ficando um pouco dolorido, aprendendo por que aconteceu, elas irão ficar bem e a cura de feridas é uma parte importante do crescimento.

Se você nunca se arrisca, nunca descobre exatamente o que é capaz.

Você pode imaginar, bicicletas em suas aulas de educação física? Eu adoraria isso!

Precisamos proteger nossos parques e espaços abertos, precisamos garantir que nossos espaços recreativos não se transformem em moradias sem lugar para brincar e precisamos recuperar essa sensação de liberdade e aventura e certificarmos de que as crianças tenham oportunidade disso, assim certamente irão ser adultos melhores e mais saudáveis.

81 visualizações0 comentário
bottom of page